Ultimas Notícias

30 outubro 2018

COM NOVO SISTEMA, PREFEITURA DE ITALVA ECONOMIZA QUASE 40% COM COMBUSTÍVEL

Secretário de Planejamento e Administração trouxe a novidade para o município

A Prefeitura de Italva, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento e Administração, implantou recentemente um novo sistema de abastecimento de sua frota de veículos com o objetivo de conter gastos e evitar o desperdício, e a julgar pelos números, a medida deu certo. Segundo o Secretário da pasta, Clóvis Mendes, responsável por trazer a novidade para Italva, o objetivo vai muito além de economizar. “Queremos também com esse novo sistema ampliar o leque de opções de abastecimento, facilitar o trabalho de motoristas em viagens mais longas e fazer com que a prefeitura tenha um controle maior de seus gastos”, disse.

O novo sistema é simples e já é usado por centenas de municípios pelo Brasil. Trata-se de um cartão, como se fosse de crédito. Cada veículo possui o seu e tem uma cota quinzenal de combustível e desta forma o motorista responsável pode abastecer em qualquer posto do país credenciado pela empresa. Tudo é registrado no sistema e a Secretaria de Administração tem acesso imediato às informações como local do abastecimento, quantidade de combustível, quilometragem do veículo e até mesmo o motorista responsável. Tudo vai para um banco de dados que dá um diagnóstico mais detalhado dos gastos.

O secretário comemora os resultados do primeiro mês de implantação deste controle. Segundo os dados do Controle Interno da Prefeitura, a redução foi de quase 40%. “O que nos deixa ainda mais satisfeitos é saber que mesmo com essa redução significativa, conseguimos manter a frota trabalhando normalmente, sem prejuízos aos serviços prestados ao município”, declara.

Com esse novo sistema, a prefeitura não tem nenhum gasto com a empresa responsável pelo cartão. No contrato firmado, ela receberá um percentual dos postos credenciados, não alterando em nada o valor pago pela prefeitura. Em algumas cidades que implantaram o mesmo sistema, as administrações ainda pagam um pequeno percentual, mas segundo Clóvis, a Prefeita Margareth sugeriu que Italva não pagasse a taxa, visando primeiramente uma acomodação melhor do novo sistema. “Muitos perguntam qual é a mágica que o nosso governo usa para manter os compromissos em dia sem parar os serviços à população. Respondo que não é mágica, é gestão e austeridade com o recurso público”, concluiu o secretário.


Procurando pelas melhores ofertas? 
Você já sabe onde encontrar!