Ultimas Notícias

15 setembro 2018

ITALVA E MAIS 10 CIDADES DA REGIÃO NÃO ATINGIRAM META DE VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO


Metade das cidades das regiões Norte e Noroeste do Estado do Rio ainda não atingiu a meta de vacinar pelo menos 95% das crianças de um a menores de cinco anos contra o sarampo e a poliomielite, segundo dados divulgados nesta pelo Ministério da Saúde. Dos 22 municípios do Norte e Noroeste, os 11 que não conseguiram atingir a meta foram Aperibé, Carapebus, Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, Italva, Laje do Muriaé, Miracema, Santo Antônio de Pádua, São Francisco de Itabapoana, São Fidélis e Varre-Sai. Seis cidades da Região dos Lagos e oito da Região Serrana também não atingiram a meta.

Segundo o Ministério da Saúde, todas as crianças de um a menores de cinco anos devem se vacinar independente da situação vacinal. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, destacou a importância da mobilização de toda a sociedade para atingir a meta de vacinação. “A Campanha, que foi prorrogada, terminou nesta sexta-feira (14/09). A vacina é a forma mais eficaz de proteger nossas crianças contra doenças já eliminadas no país”, enfatizou o ministro.

A média nacional de vacinação está em 94%. Foram aplicadas em todo país cerca de 20,8 milhões de doses das vacinas (10,4 milhões de cada vacina). Onze estados e mais de 4 mil (72%) municípios atingiram a meta. Mas cerca de 1.500 cidades ainda devem buscar alternativas para vacinar 95% do público-alvo. Na faixa etária de 3 e 4 anos, a cobertura vacinal está acima da meta, com 96,95% e 95,44%, respectivamente. A maior preocupação é com faixa de um ano de idade, cuja cobertura ainda está em 85,45%. Ainda de acordo com o Ministério, o sarampo e a poliomielite são doenças infectocontagiosas que podem resultar em complicações graves para as crianças, além de levar até a casos de morte.