Ultimas Notícias

15 novembro 2016

INDUSTRIAIS DO NOROESTE FLUMINENSE APONTAM INSATISFAÇÃO COM AS CONDIÇÕES FINANCEIRAS

Os industriais do Noroeste Fluminense apontaram insatisfação com as condições financeiras de suas empresas no terceiro trimestre deste ano. É o que mostra a Sondagem Industrial, divulgada na última semana pelo Sistema FIRJAN. De acordo com a pesquisa, no período, a situação financeira das empresas, que já vinha em queda nos meses anteriores, continuou ruim. O indicador registrou 43,8 pontos. Houve redução na margem de lucro (37,8 pontos) e dificuldade de acesso ao crédito (31,6 pontos).

A Sondagem Industrial varia de zero a cem pontos. Os valores abaixo de 50 indicam redução ou pessimismo e acima de 50 representam aumento ou otimismo. De acordo com a pesquisa, o volume de produção das indústrias do Noroeste se manteve estável em setembro, após 24 meses consecutivos de queda. As empresas operaram, em setembro, com 58% da capacidade instalada. Esse foi o melhor resultado do ano, mas, ainda assim, ligeiramente abaixo da média histórica: 59,1%. O mercado de trabalho permaneceu desaquecido, com a redução no número de empregados.

Para os próximos seis meses, a expectativa dos empresários é de estabilidade na demanda por seus produtos (50,5 pontos). Logo, eles esperam que a compra de matérias primas (51,8), as exportações (50,0) e o número de empregados (48,5) permaneçam nos patamares atuais. Participaram da Sondagem Industrial empresas dos 13 municípios atendidos pela Representação Regional FIRJAN/CIRJ Noroeste Fluminense: Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Italva, Itaocara, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua, São José de Ubá e Varre-Sai. Fonte: Rádio Natividade