Ultimas Notícias

23 outubro 2016

GRUPO FECHA PARCERIA PARA MESA DIRETORA E NOVA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DE ITALVA

O vereador eleito Claudiney Melo (PP) anunciou esta semana em seu perfil no Facebook que será o novo presidente da Câmara Municipal de Italva para o biênio 2017-2018 após conseguir apoio de mais quatro colegas. Em sua postagem ele também publicou a composição da nova mesa diretora: Alcirley Lima (PRP) como 1° Vice-Presidente, Binho da Água (PT do B) como 2° Vice-Presidente, Zeca do Esporte (PT do B) como 1° Secretário e Jocimar Fio (PSB) como 2° Secretário. 

Como são 9 vereadores, obtendo os 5 votos (maioria), Claudiney será confirmado na presidência. Mas ainda não é oficial. A eleição só acontece após a posse no dia 01 de janeiro de 2017, até lá, ele tem a missão de sustentar o acordo entre os cinco, que possui dois vereadores que foram eleitos fora de seu grupo político e que não apoiaram a prefeita eleita Margareth do Joelson (PP). Claudiney foi o quinto mais votado com 356 votos e exercerá seu primeiro mandato.

Ao Italva em Foco, o vereador Gerlindo Motoka (PP), o mais votado ao lado de Alcirley, disse que continua candidato a presidente e votará somente em si e que até a escolha oficial ainda há muito o que se conversar. Já o vereador Joel Enfermeiro (PDT) considera a escolha precipitada, mas que não irá se opor, caso ela se mantenha até 1º de janeiro. Não localizamos os vereadores Wilson Nogueira (SD) e Antônio Elias (PSC) para falarem sobre o assunto.

QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DE UM PRESIDENTE DE CÂMARA?
Exerce funções legislativas presidindo o Plenário, orientando e dirigindo o processo legislativo. Profere voto de desempate nas deliberações, promulga leis, decretos legislativos e resoluções. Exerce atividades administrativas, dirigindo o funcionalismo da Câmara. Também é função do presidente dar posse ao prefeito, vice-prefeito, vereadores e suplentes, alem de declarar a extinção  de mandato e a vaga dos respectivos cargos desses mesmos agentes políticos, quando se verificar a ocorrência de qualquer das causas extintas previstas em lei: morte, denúncia, perda ou suspensão dos direitos políticos. O Presidente da Câmara é o segundo na linha sucessória do executivo. Caso saia o prefeito e vice, é ele quem assume a administração do município.