Ultimas Notícias

30 setembro 2014

ESTIAGEM: RIO MURIAÉ PEDE SOCORRO

Rio Muriaé na divisa entre Italva e Cardoso Moreira
O Rio Muriaé “pede” socorro por conta da estiagem dos últimos meses na região. O período de seca afeta diretamente o rio responsável pelo abastecimento de água em Italva, Cardoso Moreira, Itaperuna e Laje do Muriaé, entre outras localidades do Noroeste Fluminense. Hoje é possível andar pelo curso do rio, onde deveria estar coberto por mais de 2 m de água. Em meio às pedras já expostas, é possível encontrar peixes mortos.

A régua de marcação já está fora d'água
O problema é muito sério e o sentimento se resume a uma angústia, pois toda água consumida em Italva é proveniente da estação de tratamento da Cedae que capta o líquido diretamento do rio. O problema é agravado pelo fato de que a maioria da população italvense ainda não se atentou para o problema e não está economizando água. Ainda é possível ver na cidade muitos moradores lavando ruas e desperdiçando água, e isso significa que nós vamos sofrer um processo de desabastecimento (racionamento, falta de água), se a população não colaborar. Com informações do Cardoso Moreira News. Fotos: Gilmar Sana

Tradicional paredão em Italva como não se vê faz muito tempo
(Foto: Leonardo Madureira)