Ultimas Notícias

23 março 2021

SEGUNDO SINDICATO, PREFEITURA DE CAMBUCI DEMITIU SERVIDORES CONCURSADOS SEM AVISO

O Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe), núcleo de Itaocara, formalizou denúncia ao Ministério Público contra a demissão de 21 professores concursados da Prefeitura de Cambuci. Os profissionais foram aprovados em concurso realizado em 2019, antes da pandemia do novo coronavírus. A convocação se deu no início do ano passado, antes dos decretos da pandemia, período em que também receberam a investidura nas respectivas funções. (continua abaixo)

De acordo com o Sepe, os profissionais chegaram a ser efetivados, atuaram no magistério municipal e receberam salários de forma regular até o final do ano passado. Em dezembro eles foram dispensados sem comunicação oficial do município. A ordem teria partido do prefeito, alegando ilegalidade na contratação e na realização do concurso. 

“Os profissionais foram efetivados, legalmente concursados e dispensados sem qualquer comunicação oficial do município. A situação só foi verbalizada pela prefeitura quando o Sepe buscou informações. Os profissionais estavam impedidos de trabalhar. Se persistisse a falta de informação, o município iria futuramente alegar dispensa por justa causa,” afirmou a diretora do Sepe, Daniele Júlio. 

“O Município alega que não tem carência de professor. Algo inusitado, quando a falta de professores é uma realidade em todo o Brasil”, disse a sindicalista. Informações extraoficiais afirmam que a dispensa afetou também servidores concursados na área de saúde. Segundo informações que apuramos, a prefeitura chegou a entrar com uma liminar na justiça, alegando convocação em excesso no ano anterior.

Assine já um de nossos planos!
(22) 3811 1600 • 22 99729 4829 (WhatsApp)
(21) 3785-7000 • 21 97426 2125 (WhatsApp)