Ultimas Notícias

05 setembro 2020

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E SEPE TÊM 30 DIAS PARA CHEGAR A UM CONSENSO SOBRE VOLTA ÀS AULAS NO ESTADO

A Secretaria estadual de Educação e o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) do Rio de Janeiro têm até o dia 1º de outubro para chegar a um consenso sobre a retomada do ano letivo na rede estadual de ensino sem prejuízo do calendário escolar. O prazo foi acordado em audiência de conciliação conduzida pelo presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Claudio de Mello Tavares, na tarde da última terça-feira (1/9). Até lá, continua valendo a decisão do presidente do TJRJ, que determinou, em 13/8, a manutenção presencial, em cada unidade escolar, do mínimo de 70% dos funcionários que exercem atividades administrativas, respeitadas as bandeiras sanitárias divulgadas pelo estado. A ideia é que, nesse período, seja encontrada uma solução para o corrente ano letivo. (continua após a publicidade)


Nesta semana o Governo do Estado anunciou que irá reabrir as escolas no dia 5 de outubro, nos municípios que estarão com bandeira amarela, ou seja, considerados de ‘baixo risco’ para a Covid-19, apenas para estudantes que não têm acesso à internet. O objetivo é assegurar que os alunos possam dar continuidade aos estudos na plataforma “Google Classroom”. O governo informou que, para garantir o distanciamento entre os estudantes, recomendado pela Secretaria de Estado de Saúde, as salas de aula serão transformadas em laboratórios de informática, e cada escola organizará a utilização de seus espaços, que vão funcionar três vezes por semana. (continua após a publicidade)


Na quinta o Estado informou que irá adquirir 40 mil computadores, equipamentos multimídia e materiais didáticos digitais para as aulas remotas na rede estadual de ensino. O recurso, no valor de R$ 82 milhões, será descentralizado e encaminhado para as escolas. A retomada das aulas acontecerá em regiões que permaneçam em baixo risco de contaminação pela Covid-19 por, no mínimo, duas semanas seguidas antes da data prevista para a abertura. Por orientação da Secretaria de Estado de Saúde, as atividades serão retomadas de forma gradativa. Em um primeiro momento, apenas 30% dos alunos retornarão, dando prioridade para os que estão no 9º ano do Ensino Fundamental e na 3ª série do Ensino Médio. Será respeitada a autonomia das direções das escolas para que seja feita qualquer alteração que julguem necessária. SF Notícias