Ultimas Notícias

14 julho 2020

PAI PAGA MULTA APÓS FILHO SER ABORDADO PELA POLÍCIA COM PIPA E LINHA CHILENA EM CARDOSO MOREIRA

No momento da abordagem, a criança não estava com a pipa no ar

A Polícia Militar abordou um menino de 12 anos em Cardoso Moreira que estava com a posse de uma pipa e a conhecida linha chilena, muito utilizada pelos pipeiros, mas que é proibida por lei. O pai da criança, o comunicador muito conhecido na cidade Cillas Jr., foi chamado na 148ª DP de Italva onde teve que pagar uma multa de R$355,55. Cillas declarou que desconhecia o fato de seu filho estar usando a linha chilena e que não questionou a ação das autoridades, mas pede que a fiscalização seja mais ampliada e que a lei seja aplicada igualmente para todos. "Vemos que a prática é muito comum em Cardoso Moreira e em toda a região, inclusive com aglomerações em festivais, que são divulgados em redes sociais. Meu filho estava sentado no momento da abordagem com o material ao lado, não estava soltando a pipa, mas cumprimos o que manda a lei, mas peço que ela seja aplicada da mesma forma para todos.

A prática de soltar pipa não é proibida, o problema é a linha utilizada. A lei estadual 8478/2019 proíbi a fabricação comercial, a comercialização, a compra, o porte e a possa e o uso da substância constituída de vidro moído e cola (Cerol); bem como da linha encerada com Quartzo moído, algodão e Óxido de Alumínio, denominada "linha chilena", ou de qualquer produto utilizado na prática de soltar pipa, que possua elementos cortantes. Os festivais também não são proibidos, mas no momento de pandemia, a aglomeração deve ser evitada, segundo orientações das autoridades sanitárias.

Ainda segundo o radialista, a emissora onde trabalha recebe diariamente diversas reclamações de moradores relatando aglomerações de pipeiros e até mesmo da falta de energia, provocada pela prática sem fiscalização, principalmente aos fins de semana. "A prática é saudável e não deve ser coibida, mas acredito que uma fiscalização mais rigorosa seja necessária para que se organize a situação, disse. Cillas afirmou que os policiais disseram que receberam uma denúncia. "Volto a afirmar que não questiono o pagamento da multa e a aplicação da lei, mas peço que meu filho não seja o único a responder por uma prática tão comum", concluiu.

O morador que identificar a prática em qualquer local pode acionar a polícia ligando para o telefone 190.

TÁXI DO WAGNER
(22) 99810-9523 (Vivo) (Whatsapp)
(22) 98858-1250 (Oi)
Aceita cartão Visa e Mastercard