Ultimas Notícias

05 junho 2020

COM AUTORIZAÇÃO DA ANVISA, DROGARIAS DO PAÍS PODERÃO VENDER MÁSCARAS DE TECIDO

Por unanimidade e em caráter excepcional, foi aprovada pela Diretoria Colegiada (Dicol) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a comercialização de máscaras faciais de tecido nas farmácias e drogarias do país, informou a agência reguladora esta semana. A ideia é de que a população tenha acesso fácil ao produto para se proteger contra a Covid-19. Até então, era autorizada a venda apenas a de proteção profissional, que são descartáveis. A pauta foi avaliada por meio de circuito deliberativo interno e está valendo desde o dia 11 de maio, data da votação.
  
A Associação Nacional de farmacêuticos Magistrais (Anfarmag) solicitou que o produto pudesse ser vendido nesses estabelecimentos para que haja maior adesão às máscaras de uso não profissional, que não são enquadradas como um artigo utilizado para fins regulatórios de saúde.
  
A solicitação analisada pelo órgão está relacionada, especificamente, a venda das máscaras de pano e o pedido foi direcionado apenas às farmácias de manipulação. Mas a diretora substituta, relatora da pauta, Meiruze Sousa Freitas, se manifestou favorável à comercialização do produto por farmácias (manipulação ou não) e drogarias em geral. Um ofício circular foi encaminhado pela Anvisa para as Vigilâncias Sanitárias dos estados e municípios e do Distrito Federal (DF), na última terça-feira.
  
Saúde pública 
Apesar de o uso das máscaras de pano ter sido adotado no momento mais drástico da pandemia do novo coronavírus, que atingiu o mundo todo, pode servir de forte aliada para contribuir com os cuidados que se deve ter com a própria saúde e com a saúde pública. Neste momento de enfrentamento da doença, a medida auxilia com a redução da propagação da Covid-19. A Anvisa alerta que, mesmo fazendo o uso dessas máscaras, é necessário de que continue realizando as medidas já adotadas como o distanciamento social e a higienização das mãos com água e sabão e álcool 70%. Fonte: CNN Brasil