Ultimas Notícias

17 março 2020

BRASIL REGISTRA A PRIMEIRA MORTE POR CORONAVÍRUS E VÍTIMA NÃO SAIU DO PAÍS RECENTEMENTE

O estado de São Paulo registrou a primeira morte por coronavírus no Brasil, segundo o governo estadual informou hoje. A  primeira vítima é um homem de 62 anos que foi atendido no Hospital Sancta Maggiori, da rede PreventSenior, no Paraíso, na zona sul de São Paulo. Segundo o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo, o médico infectologista David Uip, o homem apresentou sintomas no último dia 10, foi internado em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no dia 14 de março e morreu ontem às 16h. As autoridades não revelaram o nome da vítima, mas confirmaram que ele tinha diabetes e hipertensão.

A secretaria de Saúde de SP investigou os últimos passos da primeira vítima do novo coronavírus no Brasil, e verificou que ele não fez nenhuma viagem internacional recente. Dessa forma, seu caso configura como contágio comunitário, ou seja, e significa que ele foi contaminado aqui e que o vírus circula no país. Até hoje à tarde, o Ministério da Saúde informava que o número de casos oficiais do novo coronavírus no Brasil subiu para 291 confirmados.

O estado com maior número de casos confirmados é São Paulo (164), seguido pelo Rio de Janeiro (33) e pelo Distrito Federal (22). A secretaria estadual de Saúde do Rio de Janeiro divulgou ontem que um médico de 65 anos estava internado em estado gravíssimo em um hospital da rede privada contaminado por coronavírus. O paciente é o médico nefrologista e ex-vereador Edison Régio de Moraes Souza, o Dr. Edison da Creatinina. Ele é professor da Faculdade de Medicina da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), onde ministra aulas de nefrologia. Fonte: UOL