Ultimas Notícias

02 maio 2019

PREFEITURA DE ITALVA CONVOCA BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA PARA PESAGEM


A Secretaria Municipal de Assistência Social de Italva está convocando todas as famílias para a primeira pesagem de 2019 do Programa Bolsa Família. A Pesagem é obrigatória e quem não fizer pode ter o benefício bloqueado. Os beneficiários devem realizar a pesagem até o dia 24 de maio nas unidades básicas de saúde.

O QUE É A PESAGEM?
A pesagem no Bolsa Família é uma ação realizada duas vezes por ano para conferir a saúde de mulheres e crianças inscritas no programa. Verificar o peso é uma maneira de identificar casos de desnutrição entre os beneficiários e consequentemente, se há famílias fazendo mau uso do valor recebido mensalmente.

A pesagem é determinante para o recebimento do Bolsa Família, os beneficiários convocados para a ação e que não comparecem as unidades de saúde no prazo informado, correm risco de ter o benefício suspenso ou cancelado. Por este motivo, é importante permanecer atento as chamadas e aos prazos divulgados no CRAS e na UBS’s.


Como funciona a pesagem no Bolsa Família
A pesagem do Bolsa Família tem como objetivo checar se há casos de desnutrição entre mulheres e crianças que recebem o benefício do governo federal, para isso, são organizadas ações em postos de saúde onde os cadastrados no programa realizam a pesagem. O peso de cada membro da família é incluído no cadastro e deve ser atualizado a cada seis meses, conforme for solicitado.

No entanto, não são todos os beneficiários que devem participar da ação. São convocados para pesagem apenas mulheres com idade entre 14 e 44 anos, mulheres grávidas de qualquer idade e crianças menores de 7 anos. Os membros da família que não fazem parte desses grupos, não precisam se deslocar até a unidade de saúde para conferir o peso. A pesagem é realizada sempre no início do primeiro e do segundo semestre, porém a data exata difere de acordo com a cidade. O beneficiário é convocado para pesagem através de avisos divulgados no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS e também das Unidades Básicas de Saúde de cada município e pelos meios de comunicação locais.