Ultimas Notícias

11 outubro 2018

TRE/RJ MANTÉM CASSAÇÃO DA PREFEITA DE ITALVA. DECISÃO CABE RECURSO


Na sessão plenária desta quarta-feira (10/10), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ) confirmou a cassação do diploma de Margareth do Joelson (PP), prefeita de Italva e do vice-prefeito Bruninho, eleitos na eleição de 2016A condenação em primeira instância aconteceu em dezembro de 2017. De acordo com a decisão, houve promessas de emprego e pagamento de exame médico para eleitores em troca de votos. Segundo o TRE, Margareth e o vice-prefeito Bruninho (PV) ainda podem recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília.

Ainda de acordo com o Tribunal, a prefeita permanece no cargo até o julgamento de eventuais embargos de declaração ou o esgotamento do prazo para interposição do recurso em segunda instância. A prefeita informou através de sua assessoria de imprensa que se considera inocente das acusações e que vai recorrer da decisão. Veja nota divulgada em seu Facebook.

"É com grande tristeza e indignação que recebi a notícia de que o TRE/RJ negou meu recurso e manteve a decisão de 1ª instância que determina o meu afastamento do cargo de prefeita da cidade de Italva. 

Gostaria de esclarecer que me considero absolutamente inocente das acusações, pois a decisão foi tomada baseada em dois depoimentos infundados e de inteiro teor político. Não cometi crime algum e mantenho minha postura de mulher honesta e preocupada com os anseios da população, prova disto são as diversas ações que venho desempenhando até aqui. 

Informo também que a decisão não me afasta de imediato do cargo. Aguardaremos a publicação do TRE/RJ e entraremos com os embargos declaratórios ao mesmo tempo em que pediremos uma liminar ao TSE em Brasília. Enquanto houver recursos, estaremos firmes na luta, pois nosso objetivo é continuar o excelente trabalho que nossa equipe vem desenvolvendo. 

Ganhamos a eleição no voto em 2016, e por mais que poucas pessoas se sintam incomodadas com o fato de não terem tomado o poder e nos acusam falsamente, não vamos esmorecer, pois amamos esta terra e vamos continuar lutando por ela.
Obrigada!" Margareth Soares