Ultimas Notícias

15 março 2018

PESQUISA APONTA REGIÃO NORTE FLUMINENSE COMO A MAIS ATINGIDA PELA CRISE


Uma pesquisa divulgada pela Firjan nesta quinta-feira (15/03), aponta que o Norte Fluminense foi a mais atingida pela crise. Em dezembro de 2017, as empresas do Norte Fluminense produziram menos do que pretendiam, o que indica que o setor ainda não apresentou uma retomada significativa das atividades. Diante da fraca atividade econômica na região, no ano passado, houve queda de 11% das importações. Outro dado importante é relativo ao mercado de trabalho: Em 2017, foram extintas 11.860 vagas, sendo Macaé a cidade mais atingida, fechando 8.904 postos. 

Apenas o setor da construção fechou mais de 6.000 postos de trabalho na região. Por sua vez, a indústria de transformação abriu oportunidades: 1135 vagas. No total, nos últimos três anos, o Norte Fluminense fechou mais 52.000 vagas, estando hoje com um mercado de trabalho quase 20% menor que em 2014Com mais de 900 mil habitantes e um PIB estimado em mais de R$ 68 bilhões em 2015 (10% do PIB do estado), o Norte Fluminense é uma região com atividade econômica bastante expressiva e se destaca pela indústria petrolífera. É a maior região do estado, com uma área de 9.730 Km², que representa 22,3% do território do RJ
“O RJ perdeu, em média, 11% do seu mercado de trabalho no período, sendo assim, em termos relativos, podemos dizer que o Norte Fluminense sentiu duas vezes mais a crise que atingiu o estado” afirmou o coordenador de estudos econômicos da FIRJAN, William Figueiredo. Muitos dos demitidos voltaram para suas regiões de origem, já outros passaram a buscar oportunidades como empreendedores. O número de MEIs na região cresceu 16% de 2016 para 2017 e o registro de empresas cadastradas no Simples Nacional aumentou 9% em relação a 2016
A boa notícia é que o Sistema Firjan mapeou grandes investimentos futuros na região, no valor de quase R$9 bilhões de reais. Entre os principais estão a construção do terminal de regaseificação e duas termelétricas no Porto do Açu e a implantação de uma usina termelétrica com fonte de gás natural em Macaé. Os dados fazem parte da série Retratos Regionais - Cenário Econômico, com palestras online sobre economia do estado do Rio. Especialistas da Federação analisaram dados sobre todas as regiões do estado, além dos cenários econômicos internacional e do Brasil. Fonte Ascom