Ultimas Notícias

28 julho 2017

PRODUTORES DE ITALVA COMPARTILHAM EXPERIÊNCIA DE SUCESSO EM SEMINÁRIO CAMPISTA


Com o objetivo de fortalecer os produtores do município com interesse em fornecer alimentos para merenda escolar, aconteceu na tarde desta terça-feira (25), no auditório da prefeitura de Campos dos Goytacazes, o 1º Seminário de Agricultura Familiar na Alimentação Escolar. O evento, em comemoração ao Dia do Produtor Rural, foi realizado pela Secretaria municipal de Educação Cultura e Esporte (Smece), através dos departamentos de Nutrição e Educação do Campo, pela Emater-Rio e Comissão Pastoral da Terra e contou com a presença da vice-prefeita Conceição SantAnna. “Estamos buscando fortalecer o mercado interno, prestigiar os produtores de Campos. Faz parte da estratégia de governo do prefeito Rafael Diniz fortalecer as vocações locais e Campos tem tudo para alavancar nesta área, sem contar que viabiliza "Campos para além dos royalties", disse a vice-prefeita.

O seminário reuniu cerca de 100 pessoas, a maioria agricultores, e contou com palestras sobre: a autonomia do produtor; produtor empreendedor; o papel da nutrição na alimentação escolar e agricultura familiar, além de depoimentos de cooperados de municípios vizinhos, como Italva. “A Prefeitura de Italva consegue comprar leite em saquinho e iogurte dos produtores locais para a merenda escolar porque as cooperativas se organizaram e se adequaram para atender às necessidades legais. Eles possuem carros frigoríficos e levam o leite fresco quatro vezes por semana às escolas”, explica Carlos Marconi Resende, da Emater-Italva. 

De acordo com a nutricionista da Smece Jaqueline Andrade, o que hoje dificulta a aquisição de alimentos da agricultura familiar local é a falta de articulação das entidades envolvidas. “Campos é um município muito grande, são muitas escolas e estudantes. A logística é mais difícil, mas não é impossível. Nossa intenção aqui é informar e fortalecer o diálogo para que os agricultores locais tenham acesso aos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae)”, frisa Jaqueline Andrade. O departamento de Nutrição da Smece possui um projeto de regionalização do cardápio da merenda escolar. A intenção é fortalecer a agricultura familiar do município, reduzir custos logísticos, além de fornecer aos estudantes produtos de qualidade e dentro das necessidades nutricionais.

Segundo a organização do evento, na próxima semana haverá uma reunião para levantar os principais apontamentos do seminário com o objetivo de traçar uma ação coletiva. Por: Renata Lourenço - PMC