Ultimas Notícias

03 setembro 2015

SENADO APROVA PROIBIÇÃO DE CARRO DE SOM EM CAMPANHA ELEITORAL


A proibição do uso de carros e motos de som e trios elétricos durante as campanhas eleitorais foi aprovada pelo Senado nesta quarta-feira (02/09). A proposta visa, de acordo com o texto, "dar mais igualdade à disputa, reduzindo a força do poder econômico e respeitar a legislação ambiental".

"O custo para a utilização de carros de som e trios elétricos durante a campanha é muito alto. Com esse projeto, acredito que podemos diminuir a influência do poder econômico, dando mais igualdade a disputa", afirmou Daniel Coelho (PSDB), autor do projeto.

Além dos custos, os desconfortos sonoros também são observados pelo parlamentar. "É um desrespeito para o cidadão ter sua casa invadida por um som alto, muitas vezes tarde da noite, sem que haja respeito aos limites que a legislação observa. Com isso, o projeto também visa respeitar as pessoas e o meio ambiente", finalizou. 

Com a nova determinação, as campanhas deverão ficar mais silenciosas. O PLC 75/2015 veda o uso de alto-falantes, amplificadores de som ou qualquer outra aparelhagem de sonorização fixa, bem como de carros e motos de som, mini-trios ou trios elétricos, fora de eventos políticos como comícios e carreatas. A decisão ainda precisa passar pela Câmara e sanção da presidência.