Ultimas Notícias

13 fevereiro 2015

CONSELHEIRAS TUTELARES DE ITALVA ADEREM A PARALISAÇÃO NACIONAL


As conselheiras tutelares do município de Italva aderiram na última quinta-feira (12/02) a paralisação nacional dos conselhos tutelares em manifestação e repúdio a chacina ocorrida na cidade de  Poção em Pernambuco, onde a vida de três conselheiros foram ceifadas  enquanto cumpriam uma ordem judicial.

Os assassinatos completam sete dias nesta quinta e conselhos do Brasil inteiro aderiram a mobilização em prol de um ato covarde e abominável que ceifou a vida de 2 cidadãos que defendiam os direitos humanos”, declarou Simone Henrique, uma das conselheiras.  Segundo elas, o objetivo geral de tal movimento foi mostrar como os conselheiros tutelares são desprotegidos, não pela lei, mas sim pela falta de conscientização de quem aplica a lei e a necessidade do apoio dos 3 poderes que regem o país.

Queremos respeito por parte das autoridades municipais à autonomia do conselho tutelar, absoluto respeito às atribuições elencadas no artigo 136 do ECA, investimento de capacitação continuada para os membros do conselho tutelar,equipe técnica e administrativa e a rede de atendimento e principalmente o reconhecimento das autoridades municipais  de que o conselho  tutelar não é um órgão executor de ações e sim garantidor de direitos através do exercício legítimo da requisição de serviços públicos e representação daqueles que  cometem infrações  administrativas e penais contra direitos humanos de nossas crianças e adolescentes”, finalizou a conselheira. Fotos: Gilmar Sana