Ultimas Notícias

20 setembro 2014

OPERAÇÃO DA POLÍCIA AMBIENTAL RETIRA ARMADILHAS ILEGAIS NO RIO MURIAÉ

Policiais da 3ª UPAm/Desengano (Policia Ambiental) estiveram em Italva na última quinta-feira, 18/09, com o objetivo de fiscalizar possível prática de pesca predatória, bem como a existência de paritás, que são armadilhas construídas com bambus, madeira e pedaços de trilho de trem de ferro, que cercam o rio de uma margem à outra, com o intuito de capturar peixes. Na operação os agentes encontraram 5 paritás com suas respectivas barragens e as desmancharam. Nenhum responsável pelo ato criminoso foi localizado. A prática é proibida em conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais)